Página Inicial

O CIRCUITO

O Circuito Sescoop/SP de Cultura, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de São Paulo, tem a proposta de levar atrações de teatro, circo, dança, música, cinema, intervenções artísticas e oficinas criativas ao público de toda a região, especialmente municípios com poucas opções culturais. Criado em 2016, o programa dá continuidade a experiência consagrada do Mosaico Teatral, Mosaico na Estrada e Mosaico Jovem que, juntos do Circuito, já possibilitaram o acesso à arte a mais de 747 mil pessoas em 110 cidades.

#CircuitoSescoopSP

ARTE E COOPERATIVISMO

O cooperativismo é um modelo de negócios que busca unir desenvolvimento econômico e social. Sua filosofia é a de transformar o mundo em um lugar mais justo e equilibrado, com melhor distribuição de renda – empreendimentos cooperativos geram riqueza de modo proporcional à participação de cada um dos seus cooperados.

As cooperativas buscam impactar não apenas a própria realidade, mas também contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades e do mundo. Levar a arte a todos é uma das formas que as cooperativas paulistas e o Sescoop/SP encontraram de contribuir com a sociedade.

A arte é um elemento essencial da cultura de um povo e de uma nação e o cooperativismo compartilha da ideia de arte como representação e reafirmação da vida. O Sescoop/SP vem apostando na diversificação das linguagens artísticas para levar a cultura a amplos setores da população e colocar em prática os princípios cooperativistas, reforçando a vocação social do movimento.

O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo foi criado em 1998 para auxiliar no desenvolvimento das cooperativas brasileiras. Em São Paulo, a instituição dá suporte aos empreendimentos por meio de ferramentas que melhoram a qualidade da gestão e os resultados dos negócios. Em 2018, a instituição completa 20 anos oferecendo ao público cooperativista programas de Formação Profissional, Promoção Social e Desenvolvimento da Gestão que desenvolvem as pessoas do cooperativismo, atuam na profissionalização e sustentabilidade das cooperativas e contribuem para difundir o modelo cooperativista de negócio.